Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




História da Citroën

História da Citroën 2 CV

Em agosto de 2000 foi inaugurado no Rio de Janeiro o complexo industrial de Porto Real. O primeiro veículo a inaugurar a linha de montagem foi o Xsara Picasso.


Produção do Xsara Picasso

Três anos depois o C3 também passou a ser fabricado no Brasil. Atualmente a fábrica também produz motores e veículos Flex para exportação para o Mercosul e Europa.


C3

Em dezembro de 2007 o Grupo PSA anunciou um investimento de R$110 milhões para produção de uma nova família de veículos. Este é o início de um projeto de U$500 milhões a serem investidos na América Latina e divididos com a unidade Argentina do grupo.


Fábrica em Porto Real

Atualmente, no Brasil, a marca vende os seguintes modelos: C3, C3 XTR, C4, C4 VTR, C4 Pallas, Xsara Picasso, C4 Picasso, Grand C4 Picasso, C5 e Jumper.


Xsara Picasso

CITROËN NO MUNDO - Em 1900, André Citroën é graduado pelo mais famoso colégio de engenharia da França, a Escola Politécnica de Paris. Dois anos mais tarde, com apenas 22 anos, durante uma viagem à Polônia, André Citroën descobre o processo de corte de engrenagens em forma de chevron com um funcionamento mais suave. Usando o aço como matéria prima e investindo todo o seu dinheiro, André inicia a história de uma das maiores empresas do setor automobilístico do mundo. Em 1906, a Mors, uma fábrica de carros sediada em Paris, famosa por bater recordes de velocidade no início do século, convida André Citroën para o cargo de diretor geral da empresa para recuperá-la. Ele reorganiza as oficinas e define novos modelos, dessa maneira consegue duplicar a produção anual da Mors.


Andre Citroën

Com o início da Primeira Guerra Mundial, em 1914, André Citroën é convocado para o regime de artilharia e mandado para a linha de frente. A falta de munição, forçava o exército francês a economizar balas. Percebendo isso André enxergou a possibilidade de usar o que havia aprendido e acreditava ser possível produzir 10 mil cápsulas de munição por dia. Após três anos uma fábrica de cápsulas foi montada superando sua meta inicial e atingindo o volume de 50.000 peças por dia.

Com a guerra chegando ao fim, uma nova oportunidade surgiu: transformar a fábrica de munições em uma fábrica de carros. Decidido a produzir um modelo simples e com forte apelo popular, Citroën revolucionou o mercado ao apresentar o Type A 10CV.


Type A

Depois vieram 5CV, B10 All Steel (todo de aço), B12, B14, C4 e C6. Em 1934 é a vez do Traction Avant. Um ano depois André Citroën morre e Pierre Michelin e Pierre Boulanger compram a empresa.


Traction Avant

Em 1955, o modelo DS é apresentado. Já em 1970 chegam outras novidades baseadas no 2 CV, como o Dyane, Méhari e Ami 8. Ainda no mesmo ano, a Citroën revelou o coupé SM.


DS

Em 1980 começa a produção do BX. Nos anos 90 surgem o XM e o BX e em 2001 é lançado o C5.


XM


BX

Publicado em: 3/12/2012
Fonte: Zap.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

829





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Chevrolet, Monza, SLE Sedan, 1986, Cinza
Volkswagen, 1600, Primeira Versão, 1969, Bege
Mercedes Benz, 560 Sl, 1988, Vermelha
Chevrolet, Camaro, RS 1972, 1972, Negro Y Amarillo

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores