Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




Após 80 Anos Desmontado, BMW Participa de Corrida de Calhambeques

Após 80 Anos Desmontado, BMW Participa de Corrida de Calhambeques Há apenas seis exemplares no mundo do BMW Dixi Ihle 1928 (Foto: Divulgação/Larissa Costa)

Transportado em partes para o Brasil por um imigrante alemão em 1932, o raro exemplar do BMW Dixi Ihle 1928 só foi desencaixotado em julho do ano passado e levou seis meses para ser montado. O calhambeque, único exemplar no país e um dos seis que existem no mundo, participou de uma corrida de carros antigos na manhã deste domingo (27) em Franca (SP). O encontro reuniu mais de 60 amantes de automóveis.

“Até os colecionadores ficaram surpresos de ver um carro desses aqui, com todas as peças originais. Quando soube da corrida, quis que ele ficasse pronto a tempo. É uma boa oportunidade para resgatar o antigomobilismo”, diz o proprietário, o publicitário André Barros, que não revela quanto gastou pela raridade.

Barros conta que o calhambeque já passou por três donos desde que chegou ao país de navio há 80 anos, mas nunca havia sido montado. Por isso, o publicitário não consegue esconder a alegria de colocar em funcionamento um carro tão antigo, principalmente por ser o primeiro modelo no mundo a ter o para-choque arredondado.

“Comprei as peças dele há um ano e meio e agora ele finalmente voltou a andar. Esse carro é um marco na história da BMW. Um dos exemplares está no museu da empresa na Alemanha”, explica.


Corrida reuniu 60 calhambeques fabricados até 1936 (Foto: Marina Sola/G1)

Segunda Raridade

Mas o Dixi Ihle não era o único veículo que o publicitário exibia com orgulho durante o evento. O colecionador ainda levou para a corrida um Renault NN Torpedo fabricado em 1924 que, de acordo com ele, também é peça única no país.

“Gosto de coisas raras e exóticas, então comprei esse carro há uns oito anos. Ele estava montado, mas não andava porque faltava uma peça. Era pequena e fiz questão de comprar logo para vê-lo funcionando”, diz Barros.

Coleção

Aos 31 anos, Barros afirma que herdou a paixão por automóveis antigos do pai, que também colecionava calhambeques. A primeira raridade da família foi comprada quando o publicitário tinha 11 anos. "A partir daí, passei a me dedicar pelo hobbie aos finais de semana. Meu foco é garantir que eles continuem rodando, afinal, são automóveis, não autoparados”, brinca.

Atualmente, Barros diz ter uma coleção suficiente para abrir um museu. Questionado, não revelou, mais uma vez, a quantidade de veículos e o valor de cada um deles. "É uma questão de segurança. Mas a verdade é que eles não têm preço, são peças únicas e de valor inestimável.”


Modelos levados pelo pulblicitário André Barros são únicos no país (Foto: Marina Sola/G1)

Publicado em: 27/1/2013
Fonte: G1.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

795





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Chevrolet, Caravan, Comodoro, 1988, Cinza Ninbus
Fiat, 1.5 R, 1988, Vermelho
Ford, Belina, II, 1980, Amarelo Napoli
Volkswagen, Fuscão, 1500, 1972, Azul Diamante

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores