Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




Motorista Se Diz Honrado Por Transportar Corpo de Alencar

Motorista Se Diz Honrado Por Transportar Corpo de Alencar

Clésio posa para foto em frente ao carro fúnebre que transportou Alencar

O trajeto que o corpo do ex-vice-presidente da República José Alencar Gomes da Silva cumpriu entre o Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte e o cemitério Renascer, local da cremação, foi cumprido em pouco mais de meia hora. No volante do Cadillac 1974 estava Clésio Adriane, que se disse "honrado" de dirigir o veículo.

Adriane é gerente administrativo da empresa funerária que realizou o serviço, mas sempre que o carro - que pertence ao dono do cemitério Renascer, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte - precisa realizar um trabalho, ele é requisitado.

"O carro foi importado de uma funerária de Ohio, nos Estados Unidos, e é utilizado apenas em ocasiões especiais. No restante do ano, fica guardado como peça de colecionador", diz.

O motorista, que também fez o traslado do pai de Aécio Neves, Aécio Ferreira da Cunha, morto em outubro do ano passado, disse que se sentiu honrado em transportar Alencar. "Ele foi um homem de fé, batalhador, um verdadeiro brasileiro. É sempre um momento difícil, mas é um serviço que precisa ser feito", diz.

Antes de o veículo deixar o Palácio da Liberdade, passou por uma última revisão, depois que começou a pingar água do sistema de ar-condicionado. "É bom dar uma revisada. É um carro antigo, que, mesmo bem cuidado, precisa de atenção", afirmou.

Alencar enfrentava câncer desde 1997

O empresário mineiro e ex-vice-presidente da República José Alencar morreu às 14h41 de terça-feira, aos 79 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. De acordo com nota oficial da instituição, Alencar morreu em decorrência de câncer e falência de múltiplos órgãos. Ele lutava contra a doença desde 1997. Ao todo, foi submetido a 17 cirurgias nos últimos 13 anos.

O ex-vice-presidente foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na segunda-feira, com um quadro de suboclusão intestinal, em "condições críticas". Ele havia recebido alta em 15 de março, após uma internação de mais de um mês na instituição devido a uma peritonite (inflamação da membrana que reveste a cavidade abdominal) por perfuração intestinal.

Alencar nasceu em 17 de outubro de 1931, num povoado às margens de Muriaé, cidade de 100.063 habitantes no interior de Minas Gerais, próxima à fronteira com São Paulo. Ele era casado com Mariza Campos Gomes da Silva, com quem teve três filhos.

Em 1967, em parceria com o empresário e deputado Luiz de Paula Ferreira, fundou, em Montes Claros, a Companhia de Tecidos Norte de Minas (Coteminas), hoje um dos maiores grupos industriais têxteis do País. Estabelecido no setor empresarial, candidatou-se para o governo de Minas em 1994 e, em 1998, conquistou uma vaga no Senado Federal pelo Estado. Elegeu-se vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002, tendo sido reeleito junto com o petista em 2006.

Publicado em: 1/4/2011
Fonte: noticias.terra.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

634





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Chevrolet, Monza, SLE Sedan, 1986, Cinza
Volkswagen, 1600, Primeira Versão, 1969, Bege
Mercedes Benz, 560 Sl, 1988, Vermelha
Chevrolet, Camaro, RS 1972, 1972, Negro Y Amarillo

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores