Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




BMW E3: O Sedã que Inaugurou o Motor 6 Cilindros em Linha

BMW E3: O Sedã que Inaugurou o Motor 6 Cilindros em Linha

Era conhecido pela linha E3. A “família” E3 começou em 1968 com o 2500 e mais tarde – ainda no mesmo ano - o 2800, ambos com o novo motor de seis cilindros em linha.

Tanto o 2500 quanto o 2800 são um sedan de quatro portas de dimensões muito bem definidas. Mede 4,69 metros de comprimento, 1,75 de largura e conta ainda com 2,69 metros entre eixos, definições que se traduzem em um espaço suficientemente para cinco ocupantes viajar com muito conforto. A frente é agressiva e possui quatro faróis. A grade em forma de "duplo-rim" é a característica marcante do modelo que reforça a esportividade, apesar de ser um sedan.

A diferença entre os dois modelos está basicamente em seus propulsores. Enquanto o 2500 utiliza o de 2.494 cm3 com potência de 150 cv a 6000 rpm, o 2800 carrega o  de 2788 cm3 cuja potência de 170 cv é despejada  a partir das  6000 rpm. Quanto ao câmbio, os dois podiam ser encomendados com a opção da caixa manual de quatro velocidades ou opcionalmente a automática de três. Apesar da vocação de carro familiar, os E3 andavam e muito. Para se ter uma idéia, com a versão de entrada, a 2500, podia se atingir a velocidade máxima de 190 Km/h, uma marca que para os padrões da época eram mais do que suficientes.

Ainda falando no 2500, por exemplo; foi com ele que a marca bávara marcou o primeiro uso do legendário motor de seis cilindros em linha, que permaneceria até a década de 90. Coube a esta versão a inauguração dos chamados “New Six”, ou “Novo Seis”, em alusão ao número de cilindros da unidade.

Os E3 foram desenhados pelo mestre Alex von Falkenhausen, responsável pelas competições da BMW antes da guerra e também o criador do motor de quatro-cilindros do pequeno sedan 1500 de 1961, linha batizada de New Class. Uma das características do E3 é o funcionamento suave e silencioso vindo do motor seis cilindros, elogiado pela imprensa na época como um dos melhores propulsores.

Em 1971, foi a vez de chegar ao mercado o 3.0 S de 180 cv (10 cv a menos nos EUA, devido ao controle de emissões). Logo depois não demorou muito para chegar ao mercado as versões de entre-eixos mais longo, como os 2.8L, 3.0L, 3.0Li e 3.3Li, de acordo com a motorização a ser usada.  Todas as versões da geração E3 permaneceram em linha até 1977, quando de sua substituição pela primeira Série 7 (E23)

BMW E3
Bavária: um 2500 com motor do 2800

BMW E3

Tamanho foi o sucesso dos 2500 e 2800 que a BMW resolveu lançar o Bavária, uma combinação destes dois modelos que tinha como principal público-alvo os Estados Unidos. Dizia a propaganda da época: “Seis cilindros, 208 Km/h e um preço inferior a US$ 5.000,00. O Bavaria foi exatamente um 2500 com a motorização do 2800. Era uma estratégia da marca em oferecer um “2800 básico” sem a oferta de, por exemplo, o sistema automático de altura da suspensão, item de série na versão convencional do 2800.

Publicado em: 3/12/2010
Fonte: carmagazine.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

569





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Volkswagen, Brasilia, 1600, 1974, Marrom Caravela
Volkswagen, Fusca, 1974, Preta
Chevrolet, Opala, Comodoro, 1985, Branca
Volkswagen, Brasília, Luxo, 1978, Caramelo

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores