Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




Festival do Japão teve exposição de antigos em Interlagos

Festival do Japão teve exposição de antigos em Interlagos

No último domingo, 14 de setembro, o JapanSul, festival do Japão realizado no kartódromo de Interlagos contou com um grupo de 25 carros antigos como parte das atrações da festa.

Quem gosta de raridades viu modelos interessantes bem de perto como o Romi Isetta, uma jardineira International, um DKW alemão, uma perua Impala e até um Ford 1929, conhecido como “Ford Bigode”.

O grupo se reuniu bem cedo, às 9h, em frente ao Parque do Ibirapuera para seguir em carreata rumo ao extremo sul da cidade. O trajeto de 20 quilômetros foi feito pela Avenida Pedro Álvares Cabral, Moreira Guimarães, Washington Luís e Interlagos e teve a escolta da Polícia Militar. O encontro foi organizado pelo Automóvel Clube do Brasil, dirigido por Ariel de Gusmão, que reuniu os colecionadores para homenagear a festa.

O trajeto do parque ao Autódromo durou 30 minutos pelo local que era chamado de “Estrada de Interlagos”. A tortuosa via ligava a cidade de São Paulo ao então município de Interlagos que reunia balneários, o aeródromo (hoje aeroporto de Congonhas) e clubes próximos a represa do Guarapiranga, que eram freqüentados pela elite paulistana.

Comboio vintage foi atração da festa

Festival do JapãoUm dos veículos mais interessantes e que liderou o trajeto feito sem interrupções, foi a jardineira International, fabricada em 1937. Com visual de carruagem, tem a carroceria totalmente construída em madeira vertical, com dois bancos pequenos e outro longo assento traseiro.

Outro veículo que se destacou foi o Opala coupé 1972, totalmente restaurado, desde o teto de vinil, até o acabamento original e os pneus diagonais, usados na época. Outro Opala Comodoro, ano 1979, personagem da Saga do Opala, acompanhou o evento.

Mais atrás, um raríssimo DKW Sonderklasse 1957 era um espetáculo a parte. O modelo parece um Belcar, que foi produzido no Brasil, mas se trata na verdade de um coupé (o nosso era um sedan quatro portas) com acabamento muito diferenciado. Sua solução mecânica de motor dois tempos e três cilindros em linha, fez relativo sucesso no Brasil. O Sonderklasse também tinha a embreagem semi-automática, que foi batizada de Saxomatic.

Ilustre “quarentão” era o AeroWillys 2600, fabricado em 1968. Suas belas linhas, no entanto, já não eram suficientes na época, após o lançamento do Ford Galaxie que mudaria a história do automóvel de luxo no Brasil. Aliás, o encontro teve um Landau 1977 da série continental, com teto de vinil prata, tecido importado da frança e pintura prata exclusiva. O Cadillac Eldorado 1961 também atraiu olhares e ocupou um bom espaço nas vias.

Exposição de antigos em Interlagos Entre os coupês e esportivos, o mais chamativo era o Karmann Ghia conversível pintado de rosa e cheio de itens personalizados. Ao seu lado, repousava um elegante Fiat 1971 conversível, e mais adiante, outro Fiat, dez anos mais velho e um Alfa Romeo 1968 amarelo.

Entre os “vovozinhos” a jardineira International e o Ford Bigode não desfilaram sozinhos. Um Ford da década de 30, já equipado com motor V8, e um Chevrolet 1948 com seu design aerodinâmico representaram com dignidade a época do Pré Guerra.

Publicado em: 17/9/2008
Fonte: Webmotors.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

18





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Chevrolet, Opala, Comodoro, 1985, Branca
Volkswagen, Fusca, 1300, 1981, Bege
Volkswagen, Fusca 1300, 1972, Amarelo Colonial
Chevrolet, Pick Up, 1927, Verde

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores