Conhea a Associo Clube do Carro Antigo do BrasilLogin




Chevrolet Chevette

Chevrolet Chevette

(Quando o moderno se torna ultrapassado…) Hoje daremos continuidade a saga do pequeno carro da Chevrolet que cativa todos que tiveram contato direto com ele, o Chevette.

O modelo acima na foto pertence a um amigo da faculdade, que como eu é fã deste carro e guarda-o na garagem com cuidado, mesmo tendo em casa outro carro mais moderno para utilizar. Faz parte da primeira fase, conhecida como Chevette Tubarão pelos mais chegados.


O modelo tubarão pode ser encontrado entre os anos de 1973 de 1978, quando chegou a sua primeira reforma estética afastando-o um pouco do parentesco com os modelos europeus da linha, ficando muito parecido com os modelos americanos.

Chevrolet Chevette
Chevette GP II 1977 totalmente restaurado!

Ainda nesta primeira leva de Chevettes, tivemos o primeiro modelo esportivo baseado no carrinho. Era o Chevette GP, lançado em 1975 e muito raro de ser encontrado hoje em dia. Em 1978, antes de dar lugar ao modelo com facelift foi lançado o Chevette GP II, ainda mais raro do que o primeiro.

O Chevette foi muito elogiado pelo seu conjunto dinâmico pelas publicações da época, pois era um automóvel prazeroso de ser conduzido. Não era rápido, porém entregava um comportamento esportivo devido a boa calibração da suspensão, a disposição da alavanca de cambio e a tração traseira.

Alguns não gostavam da direção deslocada para a esquerda devido ao grande túnel inevitável em carros com tração traseira, assim como o espaço para os ocupantes traseiros era exíguo, porém nada diferente de outros carros da época.

Chevrolet Chevette
Em 1978 o modelo recebeu um facelift na dianteira e recebeu novas versões como a 4 portas

Foi lançado com o intuito de ser um “anti-fusca”, porém competia também com outros carros como o Dodge 1800, Volkswagen Brasília, Ford Corcel e sempre vendeu bem apesar de quase nunca ter encabeçado a lista de mais vendidos.

Neste mesmo ano era lançado outra geração para o Kadett na Europa, porém era um carro muito moderno para este país subdesenvolvido que nós habitamos e o Chevette começava o seu declínio como carro popular. Este modelo evoluiu para o kadett que conhecemos no Brasil apenas em 1989.

Chevrolet Chevette
Geração do Chevette que não tivemos no Brasil, conhecida como Opel Kadett D, substituiu o modelo similar ao nacional na Europa

O modelo 1978 do Chevette contava com mudanças estéticas que o deixou parecido com um Pontiac, com grade dianteira dividida em duas seções. Junto a esta nova carroceria o modelo ganhou uma versão 4 portas que seria vendida como versão exportação.

O Chevette Hatch chegou em 1979 e fez pouco sucesso no Brasil, devido a sua configuração peculiar onde apesar de ter uma terceira porta, tinha pouco espaço para bagagem, retirando uma das maiores vantagens de se possuir um Chevette: Espaço para bagagem!

Chevrolet Chevette
Carroceria 3 portas conhecida como Chevette Hatch não fez muito sucesso no Brasil, na foto em destaque a ampla porta traseira

Talvez por este motivo, a perua derivada do Chevette, a Chevrolet Marajó, também não tenha atingido bons números de venda durante a sua vida no mercado nacional. Foi lançada também nesta nova carroceria, porém deixou de ser produzida bem antes do modelo sedan.

Uma série especial chamada Chevette Jeans foi lançada em 1979 e trazia o revestimento interno com o tecido que estava dominando o mercado na época. É outra versão muito difícil de ser encontrada e por sinal muito bonita.

Chevrolet Chevette
A versão perua do Chevette, conhecida como Marajó chegou junto com a “nova geração” do modelo em 1978

Em 1980 o Chevette ganha uma um “tapa na traseira” recebendo novas lanternas maiores e envolventes deixando o carro com um aspecto mais moderno acompanhando a tendência da época.

Em 1981 o Chevette ganha novos farois, com desenho quadrado ficando com uma frente mais harmoniosa, combinando mais com as novas lanternas traseiras. O modelo passou a ser equipado na versão a Alcool com ignição eletrônica.

Chevrolet Chevette
Em 1981 novos faróis quadrados, e pequenas mudanças na mecânica

Ainda neste ano é apresentada uma versão muito bonita e também rara como todos os Chevettes especiais, o Chevette Hatch SR. O modelo contava com motor 1.6 e decoração esportiva muito bonita.

Perto da maior reestilização de sua história, realizada em 1983 o Chevette quase não teve mudanças em 1982 ano que o motor a gasolina passou a contar também com ignição eletrônica como opcional.

Chevrolet Chevette
Chevette S/R 1982 é um dos modelos mais raros de ser encontrado no mercado de usados

Em 1983, o carro ganhou um facelift completo, deixando-o parecido com o Opel Corsa europeu, modelo recém lançado por lá. Se por um lado estava mais moderno, com linhas parecidas com os carros do primeiro mundo, estava sendo rebaixado de categoria, pois o Opel Corsa estava abaixo do Opel Kadett, seu parente original.

O Chevette ganhou motor 1.6 para todas as versões e opção de cambio de 5 marchas, muito apreciado pelos motoristas da época por deixar o carro mais econômico e silencioso, ao contrário dos carros de hoje em dia que a quinta marcha só esta lá para fazer número.

Chevrolet Chevette
Nova frente modernizou o modelo que já tinha 9 anos de vida no mercado nacional

Foi um dos poucos casos de reestilização bem sucedida na história mundial dos carros que receberam um tapinha nas costas pelos bons serviços prestados. A frente e a traseira, apesar do design “quadrado” combinava com a seção lateral arredondada.

Chevrolet Chevette
Traseira com novo desenho, harmonizanda com todo o conjunto

Em 1984, outra ilustre versão foi lançada, a Pickup Chevy 500 que era muito querida pelas pessoas que a possuíam e era dona das linhas mais bonitas entre as pickups pequenas nacionais na época.

Chevrolet Chevette
Chevy 500, a única pickup pequena com tração traseira no mercado nacional

Em 1987 o Chevette ganha uma reforma que o deixa mais próximo do Chevrolet Monza, o best seller da indústria nacional na época, recebendo novos para-choques em plástico, bancos com encosto de cabeça separados, nova grade frontal, novas lanternas traseiras e uma versão chamada SE, com painel diferenciado.

Chevrolet Chevette
Em 1987 o modelo se torna parecido com o Monza, ganhando novos para-choques plásticos e novo interior

O motor do Chevette tinha perdido fôlego diante dos concorrentes, principalmente os equipados com motores Volkswagen AP600, e em 1988 o motor ganhou uma revisão passando a ser chamado de 1.6/S, inscrição que vinha na tampa do porta-malas.

O foram feitas mudanças nas bielas e pistões, novo coletor de admissão e o carburador passou a ser de corpo dublo com acionamento em dois estágios. A potência saltou de 73cv para 81cv melhorando muito o desempenho do carro.

Chevrolet Chevette
Chevette DL foi a única versão disponível no ano de 1991

O Chevette recebeu poucas mudanças até sair de linha em 1993, como a chegada da versão DL em 1991 com um bom acabamento, sendo a versão unica disponível neste ano.

Chevrolet Chevette
Chevette Junior 1992 tinha motor recamisado para apenas 1.0 cm3 para aproveitar o incentivo fiscal do governo

Em 1992 foi lançado o Chevette Junior equipado com motor 1.0 de 50 cv que foi uma das maiores piadas automotivas nacionais. Beneficiado pelo pacote do governo que dava isenção para carros 1.6 considerados populares, o Chevette junior passa a se chamar Chevette L e ganha motor 1.6 em seu ultimo ano de vida, 1993.

Chevrolet Chevette
A derradeira versão 1.6 L criada também para aproveitar o incentivo fiscal concedido para carros como Fusca e Kombi

Com cerca de 1,6 milhão de unidades vendidas, o último Chevrolet Chevette deixou a linha de montagem no dia 12 de novembro de 1993 como modelo 1994, sendo recolhido ao museu da GM.

Chevrolet Chevette
A derradeira versão 1.6 L criada também para aproveitar o incentivo fiscal concedido para carros como Fusca e Kombi

A pickup Chevy 500 ainda foi fabricada durante 2 anos até 1995 quando foi retirada de linha para a chegada do Corsa Pickup. O Corsa de uma maneira geral conseguiu repetir o sucesso do seu antecessor e a GM continuou a ser bem representada nos modelos de baixo custo.

Publicado em: 13/12/2010
Fonte: Motorpasion.com.br

Compartilhe com seus amigos:

Voltar para Página Anterior:

115





Ônibus para Locação
Ônibus para Locação


Mercado Livre




Associe-se
Rede de Benefícios


Anuncie Grátis

Área do Anunciante
Classificados
Eventos
Notícias
Eventos CCA
CCA na Mídia
Dúvidas e Sugestões
Veículos para Locação
Veículos Antigos Roubados
Indique

Facebook Clube do Carro Antigo

Siga-nos no Twitter

Chevrolet, Monza, SLE Sedan, 1986, Cinza
Mercedes Benz, 560 Sl, 1988, Vermelha
Chevrolet, Camaro, RS 1972, 1972, Negro Y Amarillo
Ford, Escort, Gl, 1988, Vermelha

Locação de veiculos antigos para eventos, publicidade, fotografia








----------------

Logos dos Apoiadores